Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

CURSO DE MATEMÁTICA DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DO TOCANTINS/CAMETÁ – UFPA REALIZA ATIVIDADE SOBRE EVOLUÇÃO DA MATEMÁTICA, EM PRAÇA PÚBLICA NO POLO UNIVERSITÁRIO DE LIMOEIRO DO AJURU

  • Publicado: Segunda, 05 de Agosto de 2019, 11h51
  • Última atualização em Segunda, 05 de Agosto de 2019, 11h51
  • Acessos: 67

Um ponto de vista da Matemática escolar, que ainda é notado pela sociedade em geral, está associado a resultados precisos, cálculos infalíveis, cujo elementos fundamentais são as operações com definições e teoremas. O conteúdo é fixo e seu estado pronto e acabado, apresentando-se sempre como uma disciplina sem espaço para criatividade, sem qualquer dinamismo, reservada apenas a privilegiados intelectuais. Mas isso vem sendo superado! É o que mostram as atividades desenvolvidas no Polo Universitário de Limoeiro do Ajuru, por meio do Curso de Matemática, da Faculdade de Matemática do Campus Universitário do Tocantins/Cametá – Universidade Federal do Pará.

Na Praça da Bandeira no município de Limoeiro do Ajuru, situado na Amazônia Tocantina Paraense, na segunda-feira 29 de Julho de 2019, a turma de Licenciatura em Matemática 2016 da Universidade Federal do Pará – UFPA, do Campus Universitário do Tocantins – Cametá, polo Limoeiro do Ajuru, sob a orientação do Professor MSc. José Guimarães Filho, na disciplina Evolução da Matemática, mostrou outro aspecto associado ao ensino da Matemática que leva em conta a historiografia. Os alunos confeccionaram seis jornais ilustrativos a partir da História da Matemática Babilônica, Grega e Ocidental, com o objetivo de propor à sociedade uma reflexão sobre o papel importante que desempenha a Matemática, inclusive com relação ao ensino.

Esses jornais apresentam em seu conteúdo um cenário mundial referente ao período histórico, personagens importantes desse momento, bem como um personagem principal e um objeto matemático, que este tenha construído ou contribuído de forma estrutural para o processo de formação humana.

Os alunos da turma de licenciatura em Matemática apresentaram esses conteúdos de forma criativa, com ilustrações, aplicações e até simulações de entrevistas com matemáticos importantes na história, como Leonardo de Pisa. Apresentaram também o uso de materiais concretos, como catapultas, alavancas, tábulas de argila, para mostrar a escrita cuneiforme, roletas de perguntas, dentre outros.

Os alunos, futuros professores de Matemática, durante o processo de estudo, foram estimulados a pensar sobre a importância da construção de uma ferramenta didática diferenciada para construção do conhecimento, pois os jornais chamaram a atenção de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, os quais participaram com entusiasmo e se surpreendiam quando se davam conta de que tudo não passava de uma aula de Matemática diferenciada, evidenciando que a matemática poderia ser tão interessante, dinâmica e que é uma prática humana.

A atividade desenvolvida como culminância de uma disciplina do currículo do curso de licenciatura em Matemática alcançou amplos objetivos, para além dos limites de sala de aula, inserindo nesse contexto a sociedade em geral, informando, refletindo, interagindo e sobretudo compartilhando conhecimentos; ação que certamente contribuirá na formação de qualidade social dos futuros professores engajados na construção de uma sociedade justa e solidária.

registrado em:
Fim do conteúdo da página