Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Letras Inglês
Início do conteúdo da página

Faculdade de Linguagem (Letras Língua Inglesa)

Publicado: Quinta, 15 de Setembro de 2016, 22h56 | Última atualização em Terça, 19 de Setembro de 2017, 12h50

Projetos

A Faculdade de Linguagem – Língua Inglesa, por meio de seu corpo docente, mantém um conjunto de ações relacionadas à extensão e à pesquisa, conforme demonstram os diferentes projetos relacionados abaixo.

Natureza do Projeto: Extensão

Título do projeto: Língua Inglesa por meio do IRC em Cametá (LIRCA): Interações síncronas online para o aperfeiçoamento do discurso eletrônico

Resumo: Este projeto visa criar condições para o aprimoramento das habilidades de produção escrita e oral em língua inglesa por meio de práticas síncronas em uma plataforma online denominada IRC® (Internet Relay Chat). As atividades síncronas de comunicação são caracterizadas pelo envio de mensagens e obtenção de respostas em tempo real ou quase real. Exemplos de comunicações síncronas são os batepapos na internet por meio de aplicativos, como, por exemplo, messenger do Facebook® e o Whatsapp®, que estão sendo amplamente utilizados pela comunidade nos dias atuais. O projeto terá como sede a cidade de Cametá, mas poderá receber participantes de outros municípios caso haja interesse. A plataforma IRC caracteriza-se por ser um ambiente leve que não necessita de muita velocidade de bytes para seu acesso. Isso viabilizará o acesso aos participantes do interior do estado, onde o acesso à internet é, muitas vezes, limitado. Para essa prática, os alunos utilizarão o que será denominado neste projeto como discurso eletrônico, ou seja, uma mistura entre o escrito e o oral, praticando essas duas habilidades de produção em um ambiente síncrono. A proposta desse projeto visa, também, criar condições de aprendizagem para que alunos do ensino médio, superior, bem como aqueles que estudam a língua inglesa em cursos livres, possam se oportunizar para a prática da conversação, em prol da comunicação, em um ambiente não institucional.

Data de início: 06/2016     Data de término: 07/2017

Coordenador: Breno de Campos Belém
Bolsistas:  Alander Meireles Reimão, Aldenice de Sá Cardoso

Agência financiadora: PROEX (UFPA)

Natureza do Projeto: Extensão

Título do projeto: Língua Estrangeira Instrumental À Distância (Leid): Proposta para a Língua Inglesa

Resumo: Em um contexto acadêmico, muitos são os cursos que possuem a disciplina língua estrangeira instrumental. A maioria dos cursos opta pela oferta da língua inglesa, pois é ela que está sendo universalmente usada nas relações globais. Além disso, o interesse por esta disciplina deve-se ao fato de ser um dos requisitos necessários à capacitação acadêmica na leitura, compreensão e interpretação de textos, tanto durante, quanto após a graduação, como, por exemplo, nos cursos de mestrado e doutorado. Para que o candidato possa submeter sua proposta de projeto e candidatar-se a uma das vagas das pós-graduações strictu sensu, precisa comprovar ser apto a compreender textos na língua estrangeira e ter a habilidade de responder à perguntas deste texto em sua língua materna. A proposta deste projeto é, então, além de possibilitar a capacitação de estudantes da comunidade local, capacitar os alunos que participarão do projeto na cidade de Cametá no interior do estado do Pará para a leitura de textos em língua inglesa. Este projeto também tem como objetivo avaliar mestrandos e/ou candidatos às vagas no mestrado de Educação e Cultura, com a finalidade de avaliá-los para certificar que eles estão aptos a ler e compreender textos em língua inglesa, sendo este um dos requisitos necessários à conclusão do curso. Para melhor flexibilidade de horários das instruções, avalia-se a possibilidade de utilização da plataforma Moodle ou a sala de aula virtual no SIGAA como ambiente virtual de aprendizagem.

Data de início: 05/2015     Data de término: 06/2016 (concluído)

Coordenador: Breno de Campos Belém
Bolsista(s): Rodrigo do Carmo Gaia Pinto

Agência financiadora: PROEX (UFPA)

Natureza do Projeto: Pesquisa

Título do projeto: Autonomia e motivação na aprendizagem da produção oral de língua inglesa: formação de professores no município de Baião, Cametá, Tomé-açu e Tucuruí

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo averiguar de que forma os acadêmicos do curso de licenciatura em língua inglesa dos cursos administrados pelo Campus Universitário do Tocantins/Cametá, em caráter intensivo e extensivo nas cidades de Tomé-Açu, Baião, Tucuruí e Cametá apresentam comportamentos autônomos e motivacionais para aprendizagem de língua inglesa. Partindo de experiências empíricas, observações in loco e de conversas informais com alunos e professores desses cursos, constatou-se grande deficiência na habilidade de produção oral por uma grande porcentagem dos alunos que estão cursando, bem como em processo de conclusão em sua formação. Alguns desses alunos relatam sentirem-se incapazes de participar efetivamente das aulas expondo suas ideias oralmente. Deste modo, a proposta desta pesquisa é investigar se as causas deste obstáculo está diretamente ligado à motivação e/ou autonomia do aprendente, pois sabe-se que no processo de aprendizagem de línguas, quando um aprendente está motivado, será mais propenso a assumir grande responsabilidade pela sua própria aprendizagem, agindo autonomamente e usufruindo dos recursos disponíveis para aprimorá-la. A metodologia utilizada será o estudo de caso de abordagem qualitativa. Os dados serão coletados por meio de narrativas, questionários e entrevistas semi-estruturadas. Participarão desta pesquisa alunos voluntários das turmas intensivas do curso de Letras Língua Inglesa das cidades de Tomé-Açu e Baião, bem como as de modalidade extensiva nas cidades de Cametá e Tucuruí. Neste trabalho serão privilegiadas as teorias de motivação e autonomia na aprendizagem de línguas.

Data de início: 08/2016     Data de término: 07/2017

Coordenador: Breno de Campos Belém
Bolsista(s): Rafael Gonçalves de Sá
Voluntário(s):

Agência financiadora: PROPESP (UFPA)

 

Informações complementares

[Em construção]

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página