Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Vice-Reitoria reúne coordenadores de campi e Parfor em debate sobre o futuro da formação de professores

  • Publicado: Quinta, 14 de Dezembro de 2017, 14h00
  • Última atualização em Quinta, 14 de Dezembro de 2017, 14h09
  • Acessos: 621

images/noticias/img_Parfor_encontro-vence-30-4-18.JPG


A Vice-Reitoria da UFPA realizou, na tarde da última terça-feira, 12 de dezembro, uma reunião extraordinária com a Coordenação Geral do Plano Nacional de Formação de Professores (Parfor) e os coordenadores de campi da Universidade, no Ateliê de Artes do Bloco Profissional, em que está localizada a sede do Parfor. Na pauta da discussão, as novas deliberações administrativas do programa e o futuro da formação de professores diante do atual cenário político do País.

Participaram da reunião o vice-reitor da UFPA, professor Gilmar Pereira; o pró-reitor de Extensão, Nelson Souza Junior; os coordenadores do Parfor UFPA, professores Márcio Nascimento e Josenilda Maués; além de representantes dos campi de Abaetetuba, Altamira, Bragança, Breves, Cametá, Capanema, Castanhal, Salinas, Soure e Tucuruí.

Para o coordenador do Parfor, professor Márcio Nascimento, a participação dos campi é fundamental para o programa. "É muito importante o envolvimento dos campi no Parfor, porque a maior demanda e oferta de cursos acontecem exatamente no interior. É importante que os campi estejam integrados para novas turmas do Parfor, Profic ou qualquer programa que a Capes venha a constituir após a demanda da Plataforma Freire 2", explicou o coordenador.

Já o coordenador do Campus Cametá, professor Doriedson Rodrigues, ressaltou a importância do trabalho para a interiorização na Amazônia e o desenvolvimento local. "Os campi da Universidade articulam com as prefeituras para que possamos criar condições para que os cursos sejam ofertados, desta forma, os professores da educação básica possam realizar o curso que desejam conforme necessidade da região”.

Parfor na UFPA - Em 2009, a Universidade Federal do Pará assumiu uma decisão estratégica ante os desafios sinalizados pelo Plano Decenal de Formação Docente do Estado, que apontava para um quadro de 40 mil professores nas redes públicas sem a formação adequada. A UFPA colocou-se o desafio de investir na formação de 14 mil desses professores e, assim, mobilizou suas unidades acadêmicas para assumir a oferta de licenciaturas.

Após oito anos, o Parfor UFPA já alcançou 13.670 professores. Quase 6 mil professores-alunos já concluíram os cursos de licenciatura ofertados pela UFPA por meio do Parfor, que leva até os municípios os mesmos professores, mestres e doutores que atuam na graduação, ou seja, quase 6 mil professores foram qualificados para atuar nas escolas do Estado, e isso impacta de forma positiva em todo o Estado.

Texto e foto: Thais Rezende - Assessora de Comunicação do Parfor UFPA
Fonte: www.portal.ufpa.br/index.php/ultimas-noticias2/7753-vice-reitoria-reune-coordenadores-de-campi-e-parfor-em-debate-sobre-o-futuro-da-formacao-de-professores

registrado em:
Fim do conteúdo da página