Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Atividade de campo dos alunos de Ciências naturais

  • Publicado: Terça, 21 de Janeiro de 2020, 17h43
  • Última atualização em Terça, 21 de Janeiro de 2020, 17h45
  • Acessos: 157

Os alunos da turma regular de ciências naturais 2018 da Faculdade de Ciências Naturais  Cametá durante a disciplina de seres vivos e meio ambiente ministrada pelo Profa Andreza Gomes participaram de atividades de campo com a finalidade de consolidar a teoria e prática sobre o estudo científico da distribuição e abundância  de organismo e interações que determinam a sua distribuição espacial no ambiente.

Figura 01 – alunos da turma de ciências naturais na trilha durante a atividade de campo

 

As atividades foram realizadas no dia 19 e 20 de dezembro de 2019 no sítio livramento, no rio cupijó com acesso pela rodovia Transcametá e dista do centro de Cametá cerca de 13km, com percurso de aproximadamente 20 minutos. A turma foi dividida em equipes para minimizar o impacto no meio ambiente, realizamos a montagem de rede de neblina e coletas da avifauna na região correlacionado dados morfométricos, biológicos como modo de vida e ambiente e depois os espécimes foram liberados. Uma das famílias representativas da área  foi a Pipridae ou popularmente conhecido como tangarás são um dos grupos de aves frugívoras e dispersoras de sementes mais abundantes em estratos baixos das florestas neotropicais (figura 2, 3 e 4).

Figura 2: Manacus manacus (femea)


Figura 3: Manacus manacus (macho)


Figura 4: Dixiphia pipra

O urutau-comum  também conhecido como urutau, mãe-da-lua, urutágua, Kúa-kúa e Uruvati. É uma ave da família dos nictibídeos cujo o nome urutau é tupi e significa “ave fantasma (figura 5). Myrmotherula é o gênero que reúne o maior número de espécies da família Thamnophilidae (figura 6).

Figura 5: Nyctibius griseus


Figura 6: Nyctibius griseus

registrado em:
Fim do conteúdo da página