Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Divisões
Início do conteúdo da página

Coordenadoria de Pesquisa

Publicado: Quinta, 15 de Setembro de 2016, 21h16 | Última atualização em Sábado, 06 de Maio de 2017, 19h11 | Acessos: 861

Grupos de Pesquisa do Campus

ÁREA: LINGUÍSTICA

Denominação: Grupo de Pesquisa Vozes da Amazônia
Vice-coordenadora: Profa. Dra. Raquel Maria da Silva Costa

Resumo: Desde sua implantação o grupo tem contribuído diretamente para um conhecimento maior do português falado na região Amazônica, mais especificadamente com relação a seus aspectos sociolinguísticos e geprosódicos, com destaque para os fenômenos do nível fonético e fonológico da língua e em particular prosódicos. Sua coordenadora foi a primeira bolsista de produtividade do CNPQ da área de Letras da UFPA. A atuação do grupo tem colaborado diretamente para a formação de recursos humanos na área de investigação para a região.

Site: https://www.grupovozesdaamazonia.com.br

 

ÁREA: LINGUÍSTICA

Denominação: Grupo de Pesquisas Sociolinguísticas (SOCIOLIN-CE)
Participante: Profa. Dra. Raquel Maria da Silva Costa

Resumo: O Grupo de Pesquisas Sociolinguísticas (SOCIOLIN-CE) atua no Estado do Ceará e visa ao desenvolvimento de pesquisas sobre: a) variação linguística e mudança linguística, com base na Teoria da variação e Mudança ou Sociolinguística Quantitativa; b) ensino de língua materna e estrangeira, na perspectiva da Sociolinguística Aplicada; e c) descrição e análise linguísticas, a partir da correlação entre Sociolinguística e Funcionalismo, pelo viés Sociofuncionalista. O grupo objetiva, também, disponibilizar aos pesquisadores corpora organizados pelo método de pesquisa sociolinguística. As pesquisas empreendidas na Sociolinguística têm contribuído para o desenvolvimento de políticas educacionais e de políticas linguísticas, para a formação de professores e para a elaboração de materiais didáticos. Além disso, o estudo de variáveis linguísticas, ao possibilitar o entendimento das diferenças linguísticas condicionadas por diferentes espaços geográficos, comunidades, classes sociais, faixas etárias, níveis de formalidade, conduz o indivíduo à valorização da pluralidade sociocultural e a uma postura respeitosa no trato das diferenças sociolinguísticas.

Site: http://www.sociolin-ce.ufc.br/Sociolin-CE/Pesquisadores.html

 

 

Fim do conteúdo da página